Tag - esporte

1
Adiós Don Alfredo
2
Mourinho x Simeone

Adiós Don Alfredo

Em meio às semi-finais da Copa do Mundo, a morte de Don Alfredo Di Stefano tomou conta do noticiário esportivo espanhol.

Com a Espanha fora da Copa desde a primeira fase, as homenagens ao maior ídolo do Real Madri fizeram com que as notícias esportivas voltassem às primeiras páginas de todos os jornais.. Na TV, diversas emissoras disputam a audiência com programas especiais sobre este ícone do futebol.

Nascido na Argentina, Di Stefano foi ídolo no futebol colombiano antes de chegar na Espanha e brilhar no Real Madri, onde ganhou tudo.

O craque jogou dos anos 40 até o início dos 60, e curiosamente jamais participou de um jogo de copa do mundo. Em 1962, chegou a ser convocado pela seleção espanhola para jogar o mundial do Chile, mas nao chegou a disputar nem sequer um minuto.

Como amante do futebol, sempre ouvi falar de Di Stefano, mas nao tinha a dimensão do que ele representa para o madrilismo. Por esses dias, a comoção é geral, milhares de pessoas lotam o estádio Santiago Bernabeu para o último adeus.

Um ícone incontestável, de quem ainda vamos ouvir falar por muito tempo.

Mourinho x Simeone

Seja lá onde eu estiver, torço para o Grêmio FBPA. Ganhando, perdendo, empatando e até não jogando, sou gremista.

Quando morei em São Paulo, torcia pelo Grêmio; quando vivi em Londres torcia pelo Grêmio; em Brasília, era Grêmio… e aqui em Barcelona não é diferente, meu time é o Grêmio.

Não tenho nenhum time de preferência no Rio, São Paulo, Inglaterra ou mesmo aqui na Espanha. Mas não deixo de torcer. Torço pelos times dos técnicos que eu admiro. Entre eles, dois monstros: José Mourinho e Diego Simeone.

Cheguei a torcer pelo Real Madrid C.F. pelo “Mou”, e agora gosto de ver o Atlético de Madrid na liga espanhola pelo Simeone.

Dois bárbaros, na beira do campo e sobretudo nas sala de imprensa.

Sabem como montar um bom time e são inigualáveis na arte de provocar a torcida adversária.

Pois hoje é dia de semifinal da UEFA Champions League entre Chelsea Football Club comandado por Mourinho e Atlético de Madrid comandado pelo Simeone. Que duelo!

Perdón Simeone, mas vou torcer pelo Chelsea e pelo Mou.

Simeone é marrento, mas Mourinho é muito mais.

Além do português, seu idioma materno, Mourinho fala fluentemente espanhol, francês, italiano, catalão e inglês. Mas dessa vez, como técnico do Chelsea, se negou a contestar as perguntas dos repórteres em espanhol, falou somente em inglês, pois segundo ele, estava ali para falar para a sua torcida, a do Chelsea!

Marrento!

Ele que conhecia todos os repórteres, pois em Madrid viveu de 2010 a 2013 treinando o Real Madrid, segundo ele o seu time de coração na Espanha e semifinalista com o Bayern de Munique, mas nem isso o sensibilizou a responder as perguntas em espanhol. Mais uma vez ele deixa a impressão de antipático e mal humorado para os adversários, ao mesmo tempo que ganha a sua torcida.

Um grande jogo em que as estrelas são os técnicos. E já que sonhar (ainda) não é tributado, quiçá um dia poderemos ter um desses comandando o tricolor gaúcho.

 

Ricardo Lovatto Blattes ©2016 - Desenvolvido por Opa Web